segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

COMENTÁRIO TEOLÓGICO DA LIÇÃO

LIÇÃO 11

 

A VIDA CRISTÃ

 

Verso para memorizar: "Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a Sua vida por nós; e devemos dar a nossa vida pelos irmãos" I João 3:16.

 

LEITURAS BÍBLICAS DA SEMANA: Deuteronômio 8:11 a 17; Filipenses 2:3 e 4; I Coríntios 15:51 e 52; Apocalipse 22:1 a 5; Mateus 22:39; Gênesis 2:21 a 25.

 

INTRODUÇÃO

 

A vida cristã é muito dinâmica. Quando uma pessoa se converte em discípulo de Jesus, sua vida jamais é a mesma de antes: "Se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que se fizeram novas" II Coríntios 5:17.  É uma vida nova, cheia de fé em Jesus, com esperança em relação ao futuro, desenvolvendo-se na arte de amar (Romanos 5:5) a Deus e aos semelhantes. É uma pessoa em crescimento mental, espiritual, emocional, intelectual. Na vida cristã, uma nova vida, a teoria da verdade é importante, mas a prática dessa verdade conhecida e aceita por fé é muito mais importante. A lição desta semana vai nos ensinar a como vivermos uma vida cristã dinamizada pelo poder do Espírito Santo.

 

LIÇÃO DE DOMINGO, dia 09 de dezembro.

 

MORDOMIA 

 

(Para você entender melhor este assunto, leia meu livro recém-lançado: "MORDOMIA PARA A FELICIDADE -  Estratégias Pedagógicas Divinas para a Felicidade Humana". R$ 20,00. Envie seu pedido por e-mail para otoniel.carvalho@hotmail.com  e daremos todas as informações).

 

Leitura bíblica do dia: Deuteronômio 8:11 a 17; Salmos 24:1; Filipenses 2:3 e 4; I João 3:16.

 

A palavra MORDOMO é de origem latina, formada por dois termos latinos: "MOR= maior e DOMUS= casa. SIGNIFICADO: O maior da casa; o servo mais destacado da casa; o servo que gerencia ou administra a casa. Portanto, no sentido bíblico e teológico, a palavra MORDOMIA traz em si a ideia de "ato de gerenciar", "maneira de ser mordomo", "administração". Nessa cosmovisão, o MORDOMO (gerente, administrador) nunca é o DONO, mas sempre um servo (ou empregado).

Lemos em Salmos 24:1: "Ao Senhor pertence a Terra e tudo o que nela se contém. O mundo e os que nele habitam" Este salmo define quem é o DONO da Terra e de tudo o que nela há: "o Senhor". Então, o homem é MORDOMO, gerenciador, administrador da Terra e de todas as coisas que há na Terra. Como o Senhor Deus é o DONO, cabe ao homem, como mordomo fiel, gerenciar tudo e prestar contas a Deus de todas as suas ações durante este gerenciamento (leia Eclesiastes 12:13 e 14; Romanos 14:12; II Coríntios 5:10).

 

Gerenciar a vida, o tempo, o dinheiro, bens móveis, imóveis e automóveis. Gerenciar dons, habilidades, pessoas, organismos, instituições, etc. Assim vive o MORDOMO CRISTÃO seu gerenciamento da vida e dos negócios que Deus permite lhe chegar às mãos para gerenciar. Como você, meu irmão, tem feito esse gerenciamento? Tem agido para a glória de Deus? Ou tem agido para a glória de si mesmo?

 

LIÇÃO DE SEGUNDA-FEIRA, dia 10 de dezembro.

 

DÍZIMO: UMA SOCIEDADE COM DEUS

 

Leitura bíblica do dia: Gênesis 14:18 a 20; Gênesis 28:20 a 22; Levítico 27:30 e 32; Malaquias 3:8 a 10.

 

A prática de DAR O DÍZIMO (10% das rendas e ganhos) a Deus é prática muito antiga entre os que se declaram SERVOS DE DEUS. A primeira citação bíblica sobre o assuntos está em Gênesis 14:18 a 20, e se refere a Abraão, o pai da fé. Depois, lemos que Jacó, em sua fuga, fez um voto a Deus de DAR O DÍZIMO de tudo o que Deus lhe permitisse ganhar. Em Levítico 27:30 e 32, temos uma ordenança de Moisés, inspirada por Deus, para que cada israelita fosse fiel em trazer ao santuário "todas as dízimas da terra", uma referência a tudo o que a terra produz, tais como cereais e frutos, e também as "dízimas do gado e do rebanho". Dar o dízimo, correto e honesto, é um ato de fé (Hebreus 11:6). É aceitar, pela fé, ser sócio e parceiro com Deus. Moisés ensinou que "as dízimas...santas [separadas, consagradas] são ao Senhor". O Dízimo (10%) de tudo o que temos e ganhamos pertence totalmente a Deus. Quando eu dou fielmente o dízimo, estou DEVOLVENDO A DEUS O QUE JÁ É DELE. No entanto, quando eu dou uma OFERTA VOLUNTÁRIA, estou dando daquilo que é meu. Estou OFERTANDO, ou doando, a Deus parte das minhas rendas, depois de haver separado o dízimo santo. Também isto é um ato de fé.

 

LIÇÃO DE TERÇA-FEIRA, dia 11 de dezembro.

 

A RESPONSABILIDADE PARA CONSIGO MESMO

 

Leitura bíblica do dia: Filipenses 2:5 a 8; II Coríntios 5:14 e 15; I Coríntios 10:31-33;

I Pedro 1:13 a 16.

Cada cristão deve cuidar de si mesmo, de seus pensamentos e atos. Deve aprender a gerenciar sua própria vida em todos os aspectos e dimensões. Deve cuidar do corpo e da mente; deve cuidar do uso correto do tempo; precisa saber usar dons e aptidões que o Senhor lhe deu; deve cuidar bem do dinheiro e patrimônio material que lhe chega às mãos. Deus lhe confiou todas as coisas, e espera que cada cristão seja MORDOMO FIEL. Que cada mordomo administre sua vida e seus bens com prudência, santidade, justiça, verdade. Cada cristão precisa aprender a amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo. Portanto, irmão, não deixe que as coisas materiais o dominem, e você se torne servo de coisas. Exerça domínio e gerenciamento sobre todas as coisas que chegam e chegarão às suas mãos. SEJA MORDOMO FIEL E OPEROSO.

 

LIÇÃO DE QUARTA-FEIRA, dia 12 de dezembro.

 

O CASAMENTO CRISTÃO

 

Leitura bíblica do dia: Gênesis 2:18 a 25; Mateus 2:14; Efésios 5:28.

 

O casamento cristão é uma cerimônia realizada por um pastor, unindo em santo matrimônio duas pessoas de sexo oposto, um homem e uma mulher, sob as bênçãos de Deus. O pastor abençoa, em nome de Jesus, a união de duas pessoas da mesma fé. Rejeitamos que o crente em Jesus case com uma pessoa não crente. Rejeitamos mistura de religiões entre os cônjuges. Um cristão adventista do sétimo dia deve casar-se com alguém de sexo oposto, que também é membro da Igreja Adventista do Sétimo dia. Preconceito? Não, coerência! Pessoas que pensam da mesma maneira sobre a fé e a religião têm maiores chances de combinar como casal. Muitos casamentos de religião mista têm acabado exatamente por questões religiosas e doutrinárias. Não aprovamos, como pastor e como Igreja, o casamento entre duas pessoas do mesmo sexo. Homofobia? Não, coerência. Deus ensinou à humanidade, desde o casamento de Adão e Eva: "Por isso, deixa o homem pai e mãe e SE UNE À SUA MULHER, tornando-se os dois uma só carne" Gênesis 2:24, grifos nossos. Deus não está mandando o homem tomar pela mão outro homem, e se tornar com ele uma só carne. Também Deus não está mandando a mulher tomar pela mão outra mulher e se tornarem as duas uma só carne. Deus nunca ordenou isto. E como servos de Deus, devemos seguir o que Deus ordenou na Bíblia. Isto é MORDOMIA CRISTÃ: Fazer fielmente o que Deus mandou fazer. O que passa disso, ou está à parte disso, é humanismo, invenção humana, e jamais deve substituir o que Deus mandou fazer.

 

LIÇÃO DE QUINTA E SEXTA-FEIRAS, dias 13 e 14 de dezembro.

                                                

CONDUTA CRISTÃ

 

Leitura bíblica do dia: João 17:14 a 18. Rm 12:1-2; Tiago 5:4 a 6. Efésios 6:5 a 9.

Paulo escreveu: "Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, pensava como menino; quando cheguei a ser homem [adulto], desisti das coisas próprias de menino." I Coríntios 13:11, interpolação nossa.

 

Vamos parafrasear esse texto de Paulo. Onde houver a palavra "menino", troque-a por "mundano", "descrente", "infiel". Onde houver a palavra "homem", troque-a pela palavra "cristão", "crente", "adventista". Vamos ver como fica?

 

"Quando eu era MUNDANO, falava como MUNDANO, sentia como MUNDANO, pensava como MUNDANO; mas quando cheguei a SER CRENTE [adventista, cristão], desisti das coisas próprias de MUNDANO."

 

Cada um na sua! Mundano pensa e vive como mundano; crente pensa e vive como crente em Jesus. A coisa mais ridícula que existe é quando vemos um crente agindo como mundano.

 

Paulo escreveu:

 

"Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo [a Deus] como sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional [inteligente]. E NÃO VOS CONFORMEIS [não vos encaixeis na FORMA] com este século [o mundo tangível, visível; a filosofia e ética de vida seguida pelos não crentes, os mundanos], mas TRANSFORMAI-VOS [TRANS (mudança de um lugar para outro) + FORMA (formato, moldura, forma)= mudança de forma, de moldura, de molde)] pela renovação da vossa mente; para que experimenteis [tenhais a experiência de] qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus" Romanos 12:1 e 2, com grifos e comentários nossos interpostos.

 

O MUNDO tem sua forma (Gálatas 5:19 a 21), e nela se encaixam os mundanos. O CÉU (Reino de Deus) tem sua forma (leia Gálatas 5:22 e 23), e nela se encaixam os que vão para o Céu. Leia também I Pedro 1:13 a 16.

 

Meu irmão, em que FORMA, ou MOLDE, você se encaixa hoje: Na FORMA chamada MUNDO; ou na FORMA chamada CÉU? Pense nisso com carinho.

 

Pastor Otoniel Tavares de Carvalho

Diretor do Site Missionário: www.averdaderevelada.com.br